BIBLIOTECA Ruth Rocha

AUTORA EXCLUSIVA

A cortina da tia Bá

• Prêmio da FNLIJ – Melhor Livro Traduzido, 1995.

Alvinho, o edifico City de Taubaté e o cachorro Wenceslau

• Prêmio Abril de Jornalismo, 1984.

Azul e lindo: planeta Terra, nossa casa

• Prêmio Malba Tahan, da FNLIJ – Melhor Livro Informativo, 1992.

Boi, boiada, boiadeiro

• Altamente recomendável pela FNLIJ, 1988.

Chapeuzinho Vermelho em Manhattan

• Prêmio da FNLIJ – Melhor Livro Traduzido, 1996.

Coleção O Homem e a Comunicação (com Otavio Roth)

• Prêmio Malba Tahan, da FNLIJ – Melhor Livro Informativo, 1992.

• Prêmio Monteiro Lobato, da Academia Brasileira de Letras – Melhor Livro Infantil, 1992.

• Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro – Melhor Produção Editorial, 1992.

• Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro – Melhor Coleção, 1992.

Davi ataca outra vez

• Prêmio João de Barros da prefeitura de Belo Horizonte, 1981.

Escrever e criar... É só começar (em coautoria com Anna Flora)

• Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro – Melhor Obra Didática, 1997.

Escrever e criar... Uma nova proposta (em coautoria com Anna Flora)

• Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro – Melhor Livro do Ano, 2001.

Faca sem ponta, galinha sem pé

• Altamente recomendável pela FNLIJ, 1983.

• Festa no Circo Voador, no Rio de Janeiro, em comemoração à marca de um milhão de livros vendidos, organizada pela Agência AMS. Desta festa fez parte a exposição das artes dos livros da autora, 1983.

Faz muito tempo

• Escolhido para representar o Brasil na exposição "O Livro de Histórias e as Crianças" em Atenas, Grécia, 1979.

Nicolau tinha uma ideia

• Altamente recomendável pela FNLIJ, 1977.

O Guarani

• Altamente recomendável pela FNLIJ, 1995.

O que os olhos não veem

• Prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte – Melhor Livro Infantil, 1981.

• O Melhor para Crianças, FNLIJ, 1981.

O rei que não sabia de nada

• Prêmio Jornal Auxiliar do Banco Auxiliar, 1980.

• Melhor edição – Associação Paulista dos Críticos de Artes, 1980.

• Prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte – Melhor Edição de Livro Infantil, 1980.

• Prêmio do Jornal Auxiliar do Banco Auxiliar, 1980.

O reizinho mandão

• Altamente recomendável pela FNLIJ, 1978.

• Lista de Honra do Prêmio Hans Christian Andersen, FNLIJ, 1978.

• Escolhido para representar o Brasil na exposição "O Livro de Histórias e as Crianças" em Atenas, Grécia, 1979.

• Participante da Ciranda do Livro Infantil e Juvenil, 1979.

• Lista de Honra do Prêmio Hans Christian Andersen IBBY, 1980.

Odisseia

• Prêmio Figueiredo Pimentel, da FNLIJ – O Melhor Livro de Reconto, 2001.

• Prêmio da Academia Brasileira de Letras de Literatura Infantil, escolhido pelo plenário da Academia Brasileira, 2001.

• Prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte – Melhor Edição de Livro Infantil, 1980.

• Prêmio do Jornal Auxiliar do Banco Auxiliar, 1980.

Palavras, muitas palavras

• Altamente recomendável pela FNLIJ, 1978.

Poemas que escolhi para as crianças

• Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro – 3º lugar na categoria Melhor Livro Infantil, 2014.

Quando eu comecei a crescer

• Altamente recomendável pela FNLIJ, 1996.

Uma história de rabos presos

• Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro – O Melhor Livro para Criança, 1990.

Título de Personalidade Cultural do Ano

• Secção do Rio de Janeiro da União Brasileira de Escritores, 1984.

Voto júbilo e congratulações

• com Ruth Rocha e Otavio Roth, pelo lançamento do livro Azul e lindo: planeta Terra, nossa casa, pela Câmara Municipal de São Paulo, 1991.

Comenda: Admissão na Ordem do Mérito Cultural na classe Comendador

• Condecoração concedida pelo presidente Fernando Henrique Cardoso e pelo Ministério da Cultura, 1998.

Convidada

• para a entrega do Prêmio O Professor por Ele Mesmo, do Instituto Ayrton Senna do Brasil, 2000.

Eleita membro da Academia Paulista de Letras

• 2008.

Escolhida como membro do PEN CLUB

• Associação Mundial de Escritores no Rio de Janeiro.

Homenagem

• Homenageada pelos 30 anos de carreira na Escola Suíço Brasileira de São Paulo Schweizerschule, 1999.

Homenagem

• da Prefeitura Municipal de Ji-Paraná da Secretaria de Educação e Cultura Divisão de Ensino com a abertura da Escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental Ruth Rocha, 2000.

Homenagem

• da editora FTD, em seu centenário, como melhor autora de livros infantil e juvenil, 2002.

Homenagem

• da revista Icaro Brasil, "O Bom do Brasil", dentre músicos, jornalistas e escritores, 2003.

Membro do Conselho Curador

• da Fundação Padre Anchieta, de 2000 a 2006.

Membro do Conselho Estadual de Literatura

• pela Secretaria da Cultura de São Paulo, 2000.

Prêmio Claudia 2000 (indicação)

• pela perseverança e capacidade para criar soluções originais que contribuem para a melhoria da qualidade de vida do brasileiro, 2000.

Prêmio Conrado Wessel de Ciência a Literatura

• Categoria Literatura, 2007.

Prêmio Moinho Santista de Literatura Infantil

• da Fundação Bunge, 2002.

Conheça outros autores exclusivos

Eva Furnari

Nossos endereços | 0800 17 2002

Pedro Bandeira

Walcyr Carrasco